A pandemia da Covid-19 vem provocando mudanças profundas na sociedade. E sempre que ocorrem transformações no comportamento humano, as empresas também acabam tendo que se reinventar para sobreviver.

Agora, mais do que nunca, é fundamental estar alinhado à nova forma como os seus clientes pensam, sentem, agem, consomem e se relacionam entre si e com suas marcas.

Em se tratando de mercado imobiliário, o cenário atual demonstrou a urgente necessidade de aceleração do processo de digitalização do setor. Até porque, as pessoas se tornaram mais abertas para viverem e aprofundarem suas experiências de consumo pela internet.

Sabemos que o “cara a cara” sempre foi a melhor forma de negociação em imobiliárias e construtoras.

Mas, com o distanciamento social, diversas soluções digitais estão sendo disponibilizadas e conseguem se destacar como oportunidades em uma jornada 100% online para compra e aluguel de imóveis.

Pesquisa da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC), revela que 52% dos entrevistados estão comprando mais em sites e aplicativos durante a quarentena. No entanto, um dado relevante desse estudo mostrou que 70% dos entrevistados manifestaram interesse em continuar comprando mais online, do que faziam antes.

Outro levantamento do Grupo Zap, realizado apenas com pessoas interessadas em imóveis, mostrou que 38% dos entrevistados desejam visitas transmitidas por ferramentas de vídeo e 37% gostariam de fazer um tour 360º no imóvel ofertado.

Porém, de acordo com a pesquisa, o percentual de empresas que oferecem essas soluções ainda está abaixo da demanda.

Transformação digital

A transformação digital é o caminho para superar os desafios da quarentena. Mesmo para empresas que já nasceram amparadas na tecnologia, o coronavírus trouxe aprendizados e oportunidades de melhora.

Já falamos nesse Post aqui do Blog, sobre a necessidade de construir uma maturidade digital nas empresas, que passa também pela transformação digital.

Por isso, se o seu negócio é imóveis, entenda que investir em tecnologia e estrutura de atendimento online, faz toda a diferença entre você e o seu concorrente, quando se fala em atrair e conquistar clientes para vendas. 

Atendimento Virtual

No segmento de locação só há uma parte que atualmente não pode ser virtual: a entrega das chaves. A maioria das imobiliárias já adotou mecanismos seguros para a assinatura eletrônica nas questões contratuais.

O envio de vídeos e fotos para a demonstração do imóvel também ficou facilitado por meio de aplicativos de mensagens como o WhatsApp.

Para quem atua com vendas, também não é diferente. Algumas construtoras adotaram as lives para apresentar os imóveis aos interessados e a visita física acaba sendo restrita àquela última, para realmente fechar o negócio.

As apresentações ao vivo e online têm sido cada vez mais frequentes, pois a derrubada da taxa Selic tem criado condições para que investidores migrem parte de suas carteiras dos papeis para os imóveis.

A QuintoAndar, startup de aluguel, compra e venda de imóveis que já atuava totalmente no digital, também precisou se transformar por conta da pandemia. A visita aos imóveis teve que ser repensada.

“Fomos atrás de soluções que garantissem essa experiência completa para o cliente, como o botão ‘Fale com o Corretor’. Com ele, o cliente, com a ajuda do corretor parceiro, pode fazer a visita à distância, tirar suas dúvidas e decidir se aquele imóvel é ou não o que ele está buscando”, destaca José Osse, head de Comunicação da plataforma.

Tour virtual com fotos e vídeos 360º

Na mesma tendência de comprar um imóvel sem precisar se deslocar, os tours virtuais, estão em alta. Se tornaram incríveis experiências digitais em que os potenciais clientes podem passear pelos projetos e conhecer os detalhes dos imóveis, sem sair do lugar.

Com um tour 360º, os interessados podem ter acesso a todos os espaços do empreendimento. Não somente à decoração e às acomodações, mas também às áreas de lazer e à entrada do projeto, como se estivesse em uma visita real, o que pode potencializar bastante a decisão de compra.

A facilidade de acesso é um diferencial cada vez mais valorizado pelos clientes do mercado imobiliário, e pode ser complementada com o envio da documentação e a com a possibilidade de uma assinatura online para fechar o negócio.

Com isso, as visitas aos imóveis ficaram mais assertivas. As imobiliárias e construtoras podem fazer filtros, antes de realizar uma visita com um cliente interessado.

Com o envio de vídeos e fotos, o possível cliente só vai visitar aquele imóvel que tem certeza absoluta de que já gostou. Isso é uma mudança de comportamento importante, para um setor que precisou se readequar ao cenário atual.

Contratos Eletrônicos

A maior e mais significativa mudança que imobiliárias e corretoras adotaram durante a pandemia foi a possibilidade de fechar um negócio de maneira totalmente digital.

Antes um tabu, agora uma regra. Não se falava em assinar contrato imobiliário digitalmente. Você assinava um contrato digital para coisas como assinatura de streaming da Netflix por exemplo, mas não para comprar um imóvel.

E, de repente, isso se tornou uma necessidade.

Todos aqueles obstáculos burocráticos que existiam foram atropelados. Não deu nem tempo de discutir a adoção destes contratos com o departamento jurídico, foi tudo migrado para o ambiente virtual.

E esse atropelamento “no bom sentido” veio favorecer o cliente e construtora. Os dois tiveram vantagem. O cliente pode, da sua casa, ler o contrato, com calma, consultar seu advogado e tomar uma decisão de forma pensada, sem pressa de assinar.

A experiência com a digitalização tem sido muito positiva para as construtoras, auxiliando corretores e clientes.

A digitalização permite que todo o processo de compra de um imóvel seja feito remotamente, de forma rápida e cômoda. Atualmente, é possível adquirir um imóvel sem precisar comparecer nem mesmo para assinar a escritura.

A assinatura digital funciona como um substituto da assinatura física, tem validade jurídica e é equivalente a uma assinatura de próprio punho. É um meio eletrônico de autenticação de atos concebidos em contratos e documentos.

A autenticação se dá através da verificação e guarda de informações digitais dessa concepção. São essas informações que irão indicar que a assinatura e o contrato são confiáveis e válidos. 

Vantagens:

  • Possibilidade de assinar de qualquer dispositivo móvel com internet
  • Simplificação e agilidade dos processos
  • Proporciona uma atuação sustentável através da redução de gastos com papeis e tinta
  • Economia de tempo e custos
  • Possibilita a assinatura do contrato sem a presença física das partes envolvidas na negociação

Esse é um benefício com a qual o cliente não contava e que agora pode ser inclusive, atrativo de compra.

Sobre a segurança para os interessados em alugar, vender ou comprar, de assinarem digitalmente um contrato, esse não é mais o futuro do mercado e sim uma realidade. O cliente tem confiança ao assinar o imóvel digitalmente porque existem além de tudo a credibilidade do corretor ou da imobiliária.

Boas práticas para corretores e imobiliárias

Não queira focar só na venda. É o momento de entender mais os seus clientes. Use a empatia e evite sufocar o cliente com propostas e mais propostas de investimento. Procure motivá-lo, ter uma fala mais de amigo e menos de vendedor, com incentivos para investir em algo que pode ser um bom negócio.

Fique atento às tendências de mercado e tudo que acontece fora do seu universo como corretor ou imobiliária, pois em uma economia global tudo está interligado. Daqui pra frente o trending será sempre um assunto muito abordado pelos clientes, tanto vendedores quanto compradores.

Procure se tornar um especialista em financiamento. Agora, mais do que nunca, devido a crise e a redução de dinheiro circulante, os corretores precisam saber tudo sobre financiamento, normativos dos bancos, rentabilidade de fundos de investimentos e do mercado financeiro atual.

Encontre oportunidades na crise. O mercado imobiliário, daqui pra frente, será um dos maiores nichos de investimentos do país. Em vez da volatilidade do investimento em ações, muitos estão buscando segurança e o mercado imobiliário proporciona isso.

Comprando um imóvel, você pode ter uma crise de liquidez, como por exemplo não conseguir vender ou alugar o imóvel em um prazo curto de tempo, mas perder dinheiro, dificilmente irá acontecer.

Conscientizar as pessoas disto é fundamental, para que se decidam por investir em imóveis. A imobiliária ou construtora que se especializar em trazer valorização e rentabilidade para seus clientes, terá êxito durante um longo tempo.

Conclusão

Assim como na maioria dos negócios, a experiência física e o fator humano sempre serão relevantes quando falamos em comprar uma casa ou apartamento. Além de ser um investimento de alto valor, tem a ver com a questão pessoal de cada um.

Como vimos no post, o mundo digital otimizou algumas etapas de todo este processo.

O imóvel, para muita gente é o sonho de uma vida inteira. Por isso é fundamental utilizar o mundo digital para romper burocracias, acelerar processos, sem nunca, porém, esquecer (com ou sem pandemia) que somos seres humanos, e nossos negócios são feitos com outros seres humanos.

Portanto, não fique de fora dessa transformação digital. Estruture sua imobiliária ou construtora para esse novo momento conectado e virtual. Precisando de ajuda para esse desafio sem volta, conte com a  NVX.

Fale comigo AQUI.

Até o próximo post!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.