O shopstreaming ou “comércio ao vivo” é um novo termo usado para descrever a combinação de streaming de vídeo e e-commerce, promete revolucionar o setor de varejo e os hábitos de compra do consumidor.

Podemos traduzir como uma reinvenção daquele velho canal da TV que vende coisas ao vivo (lembra do Shoptime?), só que agora envolve o universo livre das redes sociais. 

A moda surgiu na China e cresceu bastante na pandemia do Coronavírus. Com o isolamento social a tendência assume novos rumos que o consumo de conteúdo trouxe: vendas por lives.  

Embora ainda seja novidade no Brasil, as Lives voltadas para vendas acabam gerando um triângulo fundamental para negociar em tempos de crise e fechamento de lojas físicas: entretenimento, mercado e comunidade. 

Combina uma experiência de compra imersiva, em tempo real, interativa, experimental e envolvente. O site de compras online chinês Taobao, de propriedade do Alibaba, já possui 755 milhões de usuários. A plataforma agora permite que os agricultores promovam produtos difíceis de vender por meio de transmissões ao vivo.


Leia também


Entenda como funciona na prática

Essencialmente, é um vídeo exibido online em tempo real, que incentiva os espectadores a comprar o que veem. Pense nisso como o irmão mais velho legal e técnico dos infomerciais.

Durante anos, vimos as compras como entretenimento assistindo aos vídeos gravados e editados por influenciadores no YouTube. Gente que comprou alguma coisa, ganhou de presente para divulgar a novidade ou até os famosos “unboxing” da mercadoria comprada online, abrindo embalagens e mostrando detalhes do produto. 

Os influenciadores deixam links para as mercadorias apresentadas no vídeo na seção de descrição, para que seus “seguidores” ou espectadores possam comprá-lo.

O shopstreaming é único porque eleva as compras online e a exibição de vídeos, tornando-o mais social. Os consumidores costumam usar as funções de bate-papo para solicitar mais informações sobre os produtos e interagir.

No Brasil, a ferramenta que mais se destaca para fazer Lives é o Instagram

A rede social já conta com uma série de ferramentas que ajudam empreendedores em seus negócios, mas esse aspecto das transmissões ao vivo pode ser novidade para comerciantes. 

A pergunta que fica é: como utilizar as lives de forma diferenciada, considerando o grande aumento de transmissões visto recentemente? 

Segundo o Instagram, o número de lives cresceu em 70% no mês de março.

Mas é possível fazer um shopstreaming usando o Facebook, Youtube ou Twitch! 

Chegou o momento de conhecer e explorar novos universos online. Conheça as possibilidades e limitações de cada ferramenta, para encontrar a que melhor se encaixa em seus objetivos! 

Dica de ouro: esteja onde está seu público! Comece priorizando os canais nos quais você já tem alguma audiência nos perfis empresariais, para garantir que poderá se comunicar com o maior número de pessoas. 

Listei abaixo alguns bons motivos para você aderir a novidade para fazer o shopstreaming bombar as vendas do seu negócio: 

Vídeo vende

As plataformas de redes sociais priorizam o vídeo nos feeds das pessoas. No Facebook, os algoritmos reconhecem que vídeos com mais de três minutos e com conteúdo original são exibidos em feeds de notícias com maior frequência .

Obviamente, isso é impulsionado pelas tendências do usuário. Um número impressionante de 6 em cada 10 pessoas prefere consumir vídeos online a assistir televisão. 

O poder do vídeo para compras é inegável: as taxas de transação do conteúdo de vídeo são 1,6 vezes maiores do que as imagens estáticas, segundo agências de ROI. 

Vendas em tempo real

A Hootsuite, plataforma especializada em gestão de redes sociais oferece uma dica profissional : “Se você é um especialista em vídeo, verifique se está usando o vídeo ao vivo do Facebook, que tem em média seis vezes mais envolvimento do que o vídeo comum”.

Um estudo da Livestream mostrou que 81% dos usuários da Internet assistiram ao conteúdo de streaming ao vivo mais do que qualquer outro tipo de conteúdo em 2019. 

As compras ao vivo, em particular, são muito populares devido aos benefícios que oferecem aos vendedores e aos clientes. Para as empresas, as vendas por lives são ótimas porque permitem oferecer conteúdo de vídeo e conectar-se aos usuários de um jeito que as lojas online normais não oferecem.

Vendas ao vivo com atendimento ao cliente

Em um mundo cada vez mais conectado e de resultados instantâneos, os clientes esperam respostas para suas perguntas imediatamente. 

Parte do que torna vender por lives atraente é que as funções de bate-papo permitem que os clientes interajam com os vendedores com a mesma rapidez como se estivessem comprando na loja. 

Essa modalidade permite que os interessados conectados, obtenham assistência ao vivo para tirar dúvidas ou saber mais informações sobre produtos. Estudos mostram que 57% dos clientes abandonam uma compra online se não encontram uma resposta rápida para suas perguntas sobre um produto. 

Venda com entretenimento

Não basta apenas vender. Você tem que entreter para poder vender de forma que o consumidor já esteja envolvido com o seu conteúdo. Foi o que a Amazon fez com um shopstreamig em formato de programa chamado Style Code Live, que fala sobre produtos de moda e beleza, vendendo produtos pela rede.

Um conteúdo relacionado com o seu produto é sempre o ideal, exemplo dado do programa da Amazon no Youtube é uma boa referência, pois falava de moda e beleza e até as entrevistas tinham a ver com o tema do negócio.

É muito importante que você defina sobre quais produtos vai falar, para conseguir transmitir com objetividade suas vantagens. Além disso, ao saber bem dos produtos que pretende vender, você pode levantar pontos de interesse relacionados a ele, para ir além da venda em si. 

Assim o entretenimento entra com mais naturalidade, porque está contextualizado ao produto da vez. Seja um restaurante mostrando como faz os pratos, mecânicos dando dicas para carros neste momento, sejam livrarias debatendo seus livros, o importante é o conteúdo atingir o consumidor.

Fale sobre o seu processo de criação, sobre dicas, assuntos que se relacionem com o seu cliente, leve até ele o fascínio que ele sempre buscaria em uma compra presencial, tal tendência tem como função não só te ajudar a vender, mas também a trazer o cliente para si.

Se destacando da concorrência 

Enquanto a publicidade impressa caminha para o fim, as pessoas estão cada vez mais recorrendo à Internet para entretenimento e notícias. 

Da mesma forma, os métodos tradicionais de venda online ainda funcionam, mas você precisa encontrar uma maneira de superar o barulho dos concorrentes. 

Vender pelas lives pode reter a atenção do possível comprador o tempo suficiente para convencê-lo a fechar o negócio, antes dele encontrar outra opção na Internet. A uniformidade do fluxo de lojas permite compras no aplicativo antes que o cliente se distraia com outra coisa brilhante.

Se você está no ramo de produtos manufaturados ou tecnologia, precisa ser de ponta. O Shopstreaming ajudará você a se destacar como inovador no mercado. 

Como funciona o Instagram Lives?

A live é um recurso do Instagram Stories que permite a gravação e transmissão de vídeos ao vivo. Desde que foi liberada, essa ferramenta definitivamente tem sido a bola da vez para empresas, personalidades e figuras públicas que querem alcançar sua audiência.

Também chamada de live streaming, a transmissão ao vivo é uma forma descontraída de levar conteúdos exclusivos para seu público. 

O comércio ao vivo facilita a aproximação entre empresas e consumidores usuários de redes sociais que gostam de comprar online, mas de uma forma mais personalizada e atraente. 

Imagem ilustrativa Shopping Streaming

Conclusão

Acima de tudo, procure sempre fazer um equilíbrio entre divulgação e entretenimento. Sabemos que o foco é vender o seu peixe, o seu produto, mas evite falar o tempo todo dele. Pense bem nas formas de atrair esse público com informações que sejam relevantes e possam entretê-lo de alguma forma. 

Cuide acima de tudo da parte técnica, para transmitir um conteúdo que seja de qualidade. A conexão de deve ser boa o suficiente para sustentar a transmissão ao vivo. 

Uma dica é utilizar conta teste para verificar se está tudo funcionando bem. Cenário e iluminação podem parecer importantes só para filmes e programas de TV, mas você também pode usar esses elementos para que ajudem a produzir algo gostoso de assistir. 

Na dúvida, aposte no simples. Lembre-se: menos é mais!

Se achar mais organizado e seguro, utilize um roteiro para orientação e não se perder durante a live. Defina os tópicos que pretende abordar, para garantir credibilidade no que está falando.

Como todos os recursos das redes sociais, as lives e mais precisamente o shopstreaming são grandes aliados na hora de empreender e explorar essa tendência em tempos de crise, pode reinventar o seu negócio. 

Conte com a Nvox para inovar. Somos especialistas em criação de sites com plataforma própria, gestão de redes sociais e marketing digital. Podemos ajudar sua empresa ou serviço a criar lives incríveis para vender no Instagram, facebook ou Youtube. 

Entre em contato comigo AQUI. 

Até o próximo post!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.