Entender melhor o seu negócio através dos dados é vital com o avanço da tecnologia. A estratégia de business intelligence ou “BI” se bem aplicada, permite que as empresas e organizações obtenham uma visão completa e detalhada dos dados para planejamento e ações. É o que você vai ver nesse artigo.


Veja também:


O que é Business Intelligence (BI)

É o processo de trazer à tona e analisar dados em uma empresa para tomar decisões de negócios informadas. O BI abrange um amplo espectro de tecnologias e métodos, desde a forma como os dados são organizados e analisados, até como as descobertas são relatadas. O BI é usado para responder como uma empresa foi no passado e por que esses resultados surgiram. 

A execução de uma estratégia de business intelligence bem-sucedida requer uma forte organização de como os dados são usados ​​do início ao fim: 

  • Coleta de dados : uma empresa precisa entender onde pode coletar dados de visitantes e clientes e como eles podem ser organizados em um formulário que possa ser analisado. 
  • Armazenamento de dados : Os dados relevantes para as empresas são numerosos e geralmente de grande alcance. Para serem úteis, esses dados devem ser armazenados em um local que as partes interessadas dos dados possam acessar de maneira confiável, como em um banco de dados SQL. Uma solução de armazenamento deve estar sempre atualizada para que a empresa possa agir rapidamente sobre as alterações nos dados.
  • Análise de dados : o núcleo da inteligência de negócios está focado em análises descritivas e de diagnóstico, que respondem a perguntas sobre onde sua empresa esteve, onde está agora e por que as coisas são como são agora. As ferramentas de BI precisam ser capazes de utilizar o armazenamento de dados para realizar esses diferentes tipos de análises.
  • Relatórios de dados : Todos os nossos dados e análises não serão úteis se não chegarem aos tomadores de decisão e outras partes interessadas. O BI deve transmitir dados e insights de forma que pessoas com menos contexto ainda possam entendê-los rapidamente e usá-los para tomar decisões.

Como o BI apoia as empresas

O objetivo geral do business intelligence é permitir que uma empresa tome decisões reais e com dados verídicos. Uma empresa com uma estratégia de BI funcional terá dados precisos, completos e organizados. 

A inteligência de negócios pode ser usada para mostrar padrões históricos para ajudar as partes interessadas a avaliar a saúde de sua organização, alertando-as sobre problemas e possíveis melhorias.

A inteligência de negócios também pode ajudar a organizar as equipes, mantendo-as cientes dos principais indicadores de desempenho (KPIs). O conhecimento dos KPIs por meio de dashboards e relatórios mantém as equipes alinhadas e focadas com seus objetivos. 

O fácil acesso a métricas e KPIs também libera tempo e energia para executar as tarefas que impactarão o desempenho da empresa. 

Principais benefícios do Business Intelligence

  • Fornecer informações comerciais da empresa ou organização de maneira oportuna e eficiente
  • Estabelecer indicadores de desempenho alinhados com as estratégias de negócios
  • Fornecer aos times o acesso aos dados para poder capacitá-los.
  • Economizar tempo ao fazer relatórios e inserir dados.
  • As informações de vendas podem ser mostradas de forma transparente

Algumas situações onde a inteligência de negócios pode ser eficaz

  • Visualizar o volume de visitantes e usuários em um site ao longo do tempo
  • Acompanhar clientes em potencial por meio de um pipeline de vendas
  • Medir o desempenho das métricas de negócios em relação a benchmarks e metas
  • Avaliar o desempenho de campanhas e experimentos de marketing
  • Segmentar usuários por características demográficas
  • Gerar relatórios para tomada de decisão da equipe e dos executivos

A importância do BI

Os softwares de business intelligence são as ferramentas que permitem criar valor a partir dos seus dados, como dashboards ou relatórios. As ferramentas de BI normalmente fornecem dados históricos e atuais no contexto para permitir a tomada de decisões informadas e o desenvolvimento de previsões.

O setor de inteligência de negócios se move rapidamente para acompanhar o ritmo das mudanças e da demanda de seus usuários. Segundo a Forbes, 54% das empresas citam que a inteligência de negócios em nuvem (cloud BI) é crítica ou muito importante para as estratégias atuais e futuras.

O business intelligence cria ordem em um universo de dados caótico. Seja para visualização de dados ou ferramentas de armazenamento de dados, o BI trata da implementação de uma estratégia para obter mais valor de seus dados. 

E embora isso possa parecer assustador, o BI não é reservado para empresas com grandes orçamentos de TI, é também usado para democratizar os dados e fornecer a você o maior valor, independentemente do tamanho ou escopo do seu negócio. 

BI tradicional x BI moderno

Historicamente, a inteligência de negócios era uma função de propriedade da TI. Isso levou a uma abordagem de cima para baixo com relatórios e análises. Os tomadores de decisão teriam que pedir aos times uma análise ou relatório, criando uma barreira para acessar relatórios e insights em tempo real.

À medida que a funcionalidade e o software se transformaram, o mesmo aconteceu com a propriedade. O BI moderno é uma função central de negócios que é acessada e de propriedade em toda a organização. Um dos principais benefícios do BI moderno é a acessibilidade. 

Os usuários podem acessar e interagir com os dados em tempo real e criar relatórios e painéis quase que instantaneamente, removendo barreiras à entrada.

Agora, o business intelligence abrange ferramentas, metodologias e tecnologias que permitem a análise de autoatendimento. Pode ser tão simples quanto fazer login e acessar painéis, relatórios e análises que transformam pontos de dados em insights digeríveis.

Práticas recomendadas para implementar o BI

A implementação de business intelligence não se limita a escolher as ferramentas certas: também requer o suporte adequado da organização e de seu pessoal. Tenha em mente as dicas a seguir para garantir que, ao investir em uma estratégia de BI, as informações que o processo retornar sejam valiosas para sua empresa.

1. Garanta que a ferramenta atenda às necessidades do negócio

Antes de sair por ai assinando uma ferramenta de BI, certifique-se de que seus recursos realmente funcionem como soluções para as dúvidas da organização antes de finalizar um compromisso. Planeje como você espera que a ferramenta de BI seja usada pela empresa. 

Dica de ouro: Pesquise interna e externamente e faça uma lista de recursos de inteligência de negócios desejados para entender as prioridades que você precisa em sua estratégia de BI. 

Cada ferramenta de BI oferece compensações entre suas funcionalidades, portanto, determine quais recursos são mais importantes para sua empresa e selecione a ferramenta que melhor se adequa às suas necessidades.

2. Estabeleça um pipeline de dados de trabalho

Obter resultados significativos de uma ferramenta de marketing BI requer entradas significativas. Ter um pipeline de dados funcional para coleta e armazenamento de dados é um pré-requisito para realizar análises de dados. 

Quando os dados não são confiáveis, pode ser difícil trabalhar com resultados. Se os dados não forem completos, as lacunas de informações podem resultar em ações precipitadas. 

Certifique-se acima de tudo de que os dados da empresa estejam estruturados e organizados antes de começar a analisá-los. As pessoas que gerenciam os dados precisarão estar em sincronia com o que os usuários precisam para que a análise seja útil e acionável. 

Coletar dados de muitas fontes diferentes e armazená-los em data lakes, armazéns e marts pode ser um esforço considerável em termos de tempo e dinheiro. Exercitar um bom gerenciamento de dados é um passo necessário para se tornar informado por dados, e o trabalho que você coloca no início pode economizar mais dor mais tarde.

3. Incentive o uso ativo de ferramentas de BI

Pode levar algum esforço para educar e treinar os colaboradores a usar as ferramentas de BI que você escolheu. Um bom onboarding que ensine sobre o uso adequado da ferramenta é necessário para garantir que os usuários obtenham informações precisas dos dados. 

No entanto, embora as interfaces de aplicativos de BI tenham se tornado mais intuitivas, aprender a trabalhar com uma ferramenta ainda requer paciência e muitos testes.

Uma sugestão é ter alguém encarregado de liderar os esforços de adoção de BI junto aos times. Deixe-o ser um evangelizador e líder para envolver mais pessoas no uso de ferramentas de BI. 

Líderes de equipe e executivos também podem fornecer energia valiosa para apoiar o esforço de construção. Quanto mais pessoas estiverem usando ferramentas de análise, mais eficaz será sua implementação. Além de gerar mais insights, os usuários podem confiar uns nos outros para obter os dados mais importantes que precisam para tomar decisões acertadas. 

Conclusão

Como vimos até aqui, o BI está avançando rapidamente para se tornar mais acessível e fácil para todas as empresas. Os negócios que alavancam o poder do BI, sem dúvida, têm uma vantagem competitiva sobre aqueles que não o fazem.

A inteligência de negócios capacita equipes tanto quanto capacita os seus negócios. As empresas descobriram que permitir aos colaboradores que acessem e rastreiem dados analíticos e operacionais melhora a eficiência e as metas do trabalho, monitorando os esforços em tempo real juntamente com um plano de negócios. 

O poder do BI oferece às empresas a oportunidade de contar suas histórias de dados, trabalhar com mais rapidez e inteligência, adotar um local de trabalho aberto e transparente e alcançar melhores resultados. 

Inclua Business Intelligence nas suas estratégias e use os dados para ir ao próximo nível! 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.