O setor imobiliário passou por mudanças turbulentas desde 2020. A pandemia fez com que as imobiliárias tivessem que se reinventar e encontrar novas soluções para operar com eficácia e segurança. 

É um jogo digital de dar e receber em meio às incertezas da economia. A maneira como as imobiliárias interagem com vendedores, compradores e locatários mudou drasticamente.

Agora, mais do que nunca, o marketing e as transações imobiliárias estão se movendo em direção a soluções digitais aprimoradas. As empresas que melhor se adaptarem serão aquelas preparadas para o sucesso nos anos que virão. É possível ganhar o equivalente a vários anos de território e participação de mercado comprimida em um ano ou menos. 

A chave do sucesso é transformar rapidamente partes de sua plataforma em sistemas que estão entregando resultados. Investir em ferramentas e estratégias digitais não é mais um luxo e sim necessidade para as empresas crescerem. 


Veja também:


Conheça três vantagens do marketing digital para a sua imobiliária:

1. Reconhecimento de marca

Antes de fechar um negócio, os consumidores buscam encontrar imobiliárias de confiança. Ter um site seguro e que prenda os visitantes com conteúdos educativos e não só anúncios de vendas, ajuda no engajamento. Procure demonstrar que você domina o setor imobiliário e têm a expertise necessária para auxiliar o cliente no que ele procura.

2. Maior engajamento e vendas

Com um site melhor estruturado e preparado especificamente para atender ao seu público, o engajamento é também maior. E é evidente que esse processo gera mais vendas.

Mas, claro, como relatado, o marketing digital vai muito além de ter um site profissional. Diversas estratégias como e-mail marketing, Google e redes sociais, melhoram a conexão da imobiliária com o público, assim como, as chances de vendas.

Utilizar o marketing conversacional, como já destacamos nesse artigo aqui no Blog, se mostra uma oportunidade diferenciada para imobiliárias, com chatbot auxiliando no atendimento aos interessados e levando para um funil de vendas. 

3. Maior visibilidade

Lembra-se da famosa frase “Quem não é visto, não é lembrado?”. Estar na internet deixou de ser uma boa possibilidade e passou a ser uma obrigação. Mas, com a competitividade tão acirrada é complicado ficar no topo do Google.

Por isso, somente utilizando estratégias de marketing digital para imobiliárias que a sua empresa conseguirá visibilidade e poderá atingir o público certo.

Como fazer na prática

Voltado para atrair o público que busca soluções em imóveis, o marketing digital para imobiliárias deve ter como pilares: definir o objetivo, conhecer seus consumidores, pontuar os seus diferenciais, analisar o investimento, escolher os canais de comunicação, realizar testes e concretizar a campanha.

Entendendo melhor passo a passo:

Definindo objetivos

Os negócios que estão se adaptando ao ambiente digital precisam fortalecer a percepção da sua marca mediante aos concorrentes disponíveis na internet e nada como fazer uma boa campanha para chegar lá. 

O primeiro passo é traçar uma estratégia e definir a finalidade da ação, é claro que a ideia é sempre vender mais, porém existem alguns caminhos para isso como: gerar leads (clientes potenciais), inscrições, ligações, visitas físicas, downloads, entre outros.

Conhecendo os seus consumidores

Quem tem interesse nas soluções que você oferece? A resposta é: seu público alvo, porém ele não é formado por pessoas iguais. Cada consumidor tem necessidades específicas que exigem abordagens e ações diferentes, então para criar estratégias que realmente alcancem os resultados esperados, é preciso filtrar esses contatos.

Importante destacar que para cada empreendimento existe um público certo, por exemplo, se eu vou trabalhar com alto padrão, meu público é um, agora se o foco for imóveis atendidos pelo programa “Minha Casa Minha Vida” o público é outro. 

Então é importante conhecer bem os consumidores de cada ação, para não perder tempo nem investimentos atraindo o público errado.

Levantar informações como idade, gênero, redes sociais, ídolos, anseios, necessidades, medos, tudo isso é importante para que a sua comunicação seja assertiva e tenha um ROI (Retorno sobre Investimento) esperado.

No que sua imobiliária é diferente?

Em um mercado tão competitivo oferecer diferenciais faz parte do jogo, afinal para você atrair a atenção do seu cliente é interessante se destacar de alguma forma.

Mas como descobrir esse diferencial?

Se você tem uma empresa é porque você tem propósitos e objetivos, certo? Então reflita no que te motiva, nas suas decisões e principalmente nas experiências positivas que você já teve com cada cliente. 

Empresas pequenas também podem ter grandes diferenciais, pode ser um atendimento em excelência, abordagens, custo-benefício, localize qual é o seu.

Investimento

Não existe a fórmula certa de quanto você deve investir nas suas ações de marketing, até porque isso envolve uma série de fatores que variam muito de negócio para negócio.

Saber qual é a sua receita é o grande passo inicial. Qual seria o valor ideal para você investir e durante quanto tempo gostaria de investir? Pesquise e planeje suas prioridades.

O marketing digital para imobiliárias não faz milagres, investimentos são necessários, mas sendo feitos com sabedoria valem muito a pena!

Canais diversificados

Os meios onde você conecta a sua empresa aos consumidores importa e muito, através deles pode-se criar proximidade e relacionamento, mesmo a longas distâncias. Os mais usados pelo marketing digital são: facebook, Instagram, YouTube, email, mensagens via celular, chatbots, mas como disse anteriormente, o indicado é ter um bom site para passar credibilidade e posicionamento de mercado aos seus clientes.

E não basta ter perfis de redes sociais, ter um bom site é fundamental. Todas as plataformas são complementares e nenhuma substitui a outra, até por que cada uma tem uma função diferente.

Criar um site profissional, responsivo e otimizado, com filtragens específicas que ajudem os consumidores a localizarem imóveis de acordo com a sua necessidade, é essencial.

Quando falo de site responsivo, significa ter um layout versátil que se adapte a diversos tipos de dispositivos, ou seja, ele deve se ajustar aos celulares, tablets e outros aparelhos utilizados pelo seu cliente.

Outro ponto importante é estruturar uma landing page para voltar seu site para a conversão e usar chatbots no seu atendimento online. 

Chatbots são janelas de diálogo que abrem quando o usuário entra em um site e simulam um atendimento realizado por seres humanos. Ele é um programa que ajuda a atender os seus clientes, oferecendo respostas rápidas como se fosse uma pessoa do outro lado, o que garante um atendimento mais personalizado. 

É importante também, desenvolver conteúdo de valor para ranquear no Google de maneira orgânica. Usar as palavras-chaves e técnicas de SEO, são excelentes opções para melhorar esses resultados.

Abordagens por email marketing e mensagens via whatsapp continuam sendo muito efetivas. Apostar em várias mídias é uma estratégia ótima, porém requer manter a frequência para não perder a presença.

Além disso para um Marketing digital para imobiliárias completo é importante continuar investindo nos grandes portais imobiliários (Zap Imóveis, ImóvelWeb, etc), e utilizar storytelling nos seus anúncios. 

Caixa de ferramentas

Ter boas ferramentas para trabalhar o seu marketing é fundamental. Use softwares que permitem que todas as informações referentes à empresa sejam administradas em uma mesma interface. São plataformas desenvolvidas profissionalmente, que levam em consideração as demandas desse tipo de negócio.

Existem várias opções no mercado. Basta pesquisar no Google para encontrar. A maioria permite um teste grátis e suporte para criação do site e configurações. 

Como a geração e nutrição de leads é necessária para trabalhar as etapas da jornada de compra do consumidor, considere ter uma ferramenta de gestão inbound, onde você possa criar e enviar email marketing, landing pages e automações para estratégias. 

Google é um grande aliado

Não adianta focar apenas em impulsionamento com postagens em redes sociais para vender ou alugar apartamentos ou casas. 

O marketing digital para imobiliária deve ter o Google como um canal prioritário para alcançar tráfego e conversões. E isso é comprovado no mercado. 

Nenhuma outra origem de tráfego, incluindo televisão, rádio ou mídia impressa, pode identificar um comprador de apartamento genuinamente qualificado como o Google Ads pode, desde que você configure suas campanhas corretamente.

O seu objetivo principal com o AdWords em marketing de imóveis é sempre estreitar e focar seu alcance, excluindo cada vez mais tráfego não qualificado, para que você possa investir o máximo possível no tráfego mais qualificado. 

Conteúdos que geram valor

Vender um apartamento pode se tornar um processo longo e cansativo. Por esse motivo, procure segmentar seus leads por interesse, a fim de direcionar as melhores campanhas com conteúdos específicos para cada fase do possível comprador. 

Use campos em formulários como “qual valor você pretende investir” (dê opções com valores cheios. Ex: acima de R$250 mil, acima de R$500 mil, etc). Ou ainda “qual bairro é o seu preferido para morar”. 

Ajude seu possível cliente a fazer simulações de financiamento, criando por exemplo uma landing page onde você possa oferecer isso em troca de um cadastro. 

Outra dica certeira é criar um Blog com artigos sobre assuntos de imóveis (dicas, comportamento, compra, venda, notícias). Você poderá concentrar seu principal conteúdo nesse canal, para buscar também um crescimento orgânico. 

Ofereça conteúdos ricos, como guia de bairros (pode ser um eBook), ou imagens por drones de pontos turísticos, praças, parques, infraestrutura que possa convencer o possível comprador de que estará fazendo a escolha certa. 

Conclusão

Com a pandemia ainda provocando restrições de locomoção e regras sanitárias, muitas imobiliárias estão oferecendo visitas virtuais, através de aplicativos de vídeo chamadas, com o corretor fazendo uma espécie de live para tirar todas as dúvidas dos interessados. 

Não abra mão de diversificar os formatos de marketing, experimente todas as possibilidades, inclusive de unificar o outbound com o inbound marketing. Inclua os corretores e vendedores em ferramentas de CRM integrados com plataformas de gestão, para a construção e melhoria no processo como um todo. 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.