Comprar pela internet não é mais novidade pra muita gente. Porém, a forma como as negociações acontecem é que chama cada vez mais a atenção pela interatividade, provocada nas redes sociais. Conversar com os possíveis clientes pelo Twitter em busca de conversão (vendas) tentando o convencimento da compra de um produto desejado, é “o ouro”, já que a concorrência online é ilimitada.

Um caso que ganhou repercussão esta semana foi o diálogo travado entre o usuário Pedro Tessarolo @pedrotrl a Netshoes (@SigaNetshoes) e a Centauro (@centauroesporte) via Twitter, na disputa por um modelo de tênis que o tuiteiro queria comprar.
Numa espécie de jogo para conquistar o cliente, as duas empresas de artigos esportivos entraram em um leilão com @pedrotrl para ver quem aplicaria o maior desconto e fechar o negócio. O valor final do desconto ficou em 25%, mas a decisão da compra não foi baseada no preço.

Ao que parece, a qualidade oferecida pela Netshoes na logística, influenciou o cliente, que acabou adquirindo o tênis para treinar na academia. O caso repercutiu no mercado e fez lembrar as disputas de versinhos (rimas) entre usuários do Twitter com agências bancárias e duelos entre grandes redes de varejo como Ponto Frio e Casas Bahia, entre outras.

É o SAC 2.0 mostrando sua cara e confirmando que agora todos podemos ser um Prosumidor, ou seja, um consumidor que produz conteúdo e gera buzz em torno das marcas que já acordaram para ouvir e atender este cliente em potencial, muito importante na geração de receita para as empresas de e-commerce.

*Imagens: Reprodução Twitter
 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.